Covid-19: Viajar de e para a UE

Está a pensar viajar para outro país nos próximos tempos? Esse país fica na União Europeia (UE)?

Até 15 de junho (pelo menos), a Comissão Europeia prorrogou as restrições temporárias de viagens a União Europeia de forma a reduzir o número de viajantes que entram na UE. O objectivo é limitar a propagação do coronavírus e proteger a saúde pública, assim como impedir a sua propagação para outros países.

Estão isentos das restrições temporárias de viagem para o espaço da União Europeia:

  • todos os cidadãos da UE e os cidadãos dos Estados associados a Schengen (Islândia, Listenstaine, Noruega e Suíça), bem como os membros das suas famílias, para efeitos de regresso aos respectivos países;
  • os cidadãos de países terceiros que sejam residentes de longa duração na UE;
  • profissionais da saúde, investigadores no domínio da saúde e profissionais de cuidados prestados a idosos;
  • trabalhadores fronteiriços;
  • trabalhadores sazonais no sector da agricultura;
  • pessoal dos transportes que efectue transportes de mercadorias e outros trabalhadores do sector dos transportes, na medida do necessário;
  • diplomatas, pessoal de organizações internacionais, militares e trabalhadores humanitários no exercício das suas funções;
  • passageiros em trânsito;
  • passageiros que viajem por motivos familiares imperativos;
  • pessoas que necessitem de protecção internacional ou por outros motivos humanitários que respeitem o princípio da não repulsão.

Se tens de fazer uma viagem não essencial, não faças. Adia.
Teremos tempo para tudo. Caso tenhas mesmo de viajar, protege-te!

Fonte: Comissão Europeia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *