Dia do Autor Português: 15 escritores, 30 livros

A Blogazine antecipa a comemoração do Dia do Autor Português com sugestões de autores e livros nacionais.

Na próxima sexta feira, 22 de maio, celebra-se o Dia do Autor Português. A data foi criada em 1982 com o objetivo de homenagear todos os autores nacionais, das diferentes áreas artísticas, e destacar a sua importância para o desenvolvimento cultural e do bem-estar da sociedade.

A melhor forma de comemorar os autores portugueses é consumir e valorizar as suas criações. Por isso, vamos falar de escritores nacionais, dos mais clássicos aos mais contemporâneos, e sugerir alguns dos seus livros.

1. Valter Hugo Mãe

Escritor, editor, artista plástico e cantor, Valter Hugo Mãe é dos escritores mais destacados do país. A sua obra conta com sete romances, livros para todas as idades e poesia. Escreve a crónica Autobriografia Imaginário, para o Jornal das Letras, coordena a coleção de poesia Elogia da Sombra e em maio de 2007 fez a sua primeira exposição em nome individual, com os seus desenhos. No mesmo ano, recebeu o Prémio Literário José Saramago.

Sugestões de Leitura: O Remorso de Baltazar Serapião e O Filho de Mil Homens.

2. Miguel Esteves Cardoso

Miguel Esteves Cardoso nasceu em Lisboa, em 1955 e, desde que se lembra de ler, que sonhava ser escritor. Escreve todos os dias como cronista no jornal Público, desde 2009. Em 2013 começa a ser autor da Porto Editora, com qual lançou toda a sua obra.

Sugestões de leitura: Como é Linda a Puta da Vida e O Amor É Fodido.

3. Agustina Bessa-Luís

Agustina Bessa-Luís nasceu em 1922, em Vila Meã, Amarante, local onde passou a infância e adolescência e cujo ambiente marca fortemente a obra da escritora. O seu romance de estreia foi lançado em 1948 e desde então manteve um ritmo de muito frequente, contando com mais de cinquenta obras publicadas.

Sugestões de leitura: A Sibila e A Ronda da Noite.

4. Isabel Rio Novo

Nascida e crescida no Porto, Isabel Rio Novo é doutorada em Literatura Comparada. É professora de história de arte, estudos literários e escrita criativa. A sua obra contempla novelas, contos e romances. Recebeu o Prémio Literário Manuel Teixeira Gomes, em 2005, e foi finalista e semifinalista de várias outras nomeações. Mais recentemente, ganhou uma Bolsa de Criação Literária atribuída pela Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas.

Sugestões de leitura: O Diabo Tranquilo e A Febre das Almas Sensíveis.

5. Gonçalo M. Tavares

Gonçalo M. Tavares nasceu em Luanda, Angola, em 1970, mas foi em Aveiro que passou a sua infância. Publicou o primeiro livro em 2001 e desde então tem várias obras de diferentes géneros editadas e traduzidas em mais de 50 países. Recebeu vários prémios tanto nacionais, como internacionais, entre os quais o Prémio Portugal Telecom 2007 e o Prix du Meuilleur Livre Étranger 2010. Além disso, as suas obras deram origem a peças de teatro, ópera, dança, vídeos e performances, de arte, teses académicas e, até, projetos de arquitetura.

Sugestão de leitura: Uma Viagem à Índia e Histórias Falsas.

6. Helena Magalhães

Helena Magalhães nasceu em 1985, em Lisboa, e formou-se em Políticas Sociais e em Criminologia, mas é a escrita que a move, sendo jornalista e storyteller freelancer, para jornais e marcas. Em 2019 criou o Book Gang, no Instagram, com o objetivo de incentivar a leitura.

Sugestões de Leitura: Diz-lhe Que Não e Raparigas Como Nós.

7. Nuno Nepomuceno

Nasceu em 1979 e revelado em 2012, pelo Prémio Literário Note!, é um dos escritores de thrillers mais respeitado pelo público português. No início do presente ano, 2020, esteve no primeiro lugar do top nacional de vendas de livros.

Sugestões de Leitura: A Morte do Papa e A Célula Adormecida.

8. João Tordo

João Tordo nasceu em Lisboa em 1975. Lançou o primeiro livro em 2004 e até agora conta com treze romances publicados em diversos países, como França, Itália, Alemanha, Hungria, Espanha, México, Argentina, Brasil, Uruguai. Em 2009 venceu o Prémio Literário José Saramago. João Tordo participou, também, como guionista nas séries televisivas, da RTP: O Segredo de Miguel Zuzarte, Filhos do Rock e País Irmão.

Sugestão de leitura: O Bom Inverno e A Noite Em Que O Verão Acabou.

9. José Luís Peixoto

José Luís Peixoto é um dos escritores portugueses com mais destaque, sendo que a sua obra, poética e ficcional, está traduzida em mais de trinta línguas e é estuda em universidades nacionais e internacionais. Venceu o Prémio Literário José Saramago em 2001, ano em que também ganhou um grande reconhecimento da crítica e do público. Desde então tem sido premiado várias vezes, tanto em Portugal, como no estrangeiro. Além disso, os seus livros têm sido adaptados para espetáculos e obras artísticas em diferentes géneros.

Sugestões de leitura: Uma Casa na Escuridão e Galveias.

10. Alice Vieira

Alice Vieira nasceu em Lisboa, em 1943, e desde 1979 que publica livros regularmente, contando com mais de cinquenta títulos editados. Alice Vieira é uma das mais importantes escritoras portuguesas na literatura infanto-juvenil, tendo ganho grande projeção nacional e internacional.

Sugestões de Leitura: Rosa, Minha Irmã Rosa e O Mundo De Enid Blyton.

11. Margarida Fonseca Santos

Margarida Fonseca Santos é uma escritora reconhecida pelas suas obras para o público infantil, tendo uma grande parte das suas obras no Plano Nacional de Leitura. Para além de livros para crianças, destaca-se ainda na escrita para adultos e teatro e trabalha em escrita criativa e treino mental.

Sugestão de Leitura: Sem Rede e Ser Quem Sou.

12. Afonso Cruz

Afonso Cruz é o homem dos setes ofícios: escritor, realizador de filmes de animação, cronista no Jornal de Letras e Ideias, ilustrador, músico, cantor e compositor na banda The Soaked Lamb. Nasceu na Figueira da Foz, em 1971, e vive num monte do Alentejo, onde fabrica cerveja artesanal. Publicou o seu primeiro romance em 2008 e, desde então, editou mais de 30 livros e recebeu diversos prémios e nomeações, como o Prémio Literário Maria Rosa Galego, o Prémio Autores e o Prémio da União Europeia Para a Literatura.

Sugestão de leitura: Os Livros que Devoraram o Meu Pai e Para Onde Vão os Guarda-Chuvas.

12. Sophia de Mello Breyner Andresen

Sophia de Mello Breyner, nasceu em 1919, no Porto, e dedicou a sua vida às palavras. Escreveu livros de literatura infantil, artigos, ensaios e teatro e conta com obras traduzidas em diferentes línguas. Foi premiada várias vezes, das quais se destacam no Prémio Camões de 1999 e o Prémio Rainha Sofia de Poesia Ibero-Americana, no qual foi a primeira portuguesa a ser vencedora. Também fez a tradução de obras de Eurípedes, Shakespeare, Claudel e Dante para português e de alguns poetas nacionais para francês. É, ainda, conhecida pelo seu lado interventivo contra o regime de Salazar.

Sugestões de Leitura: A Menina do Mar e O Nome das Coisas.

14. José Saramago

Conhecido pela sua escrita única de estilo oral José Saramago é dos escritores mais importantes de Portugal. Nasceu na aldeia da Azinhaga, no Ribatejo, em 1922, e faleceu aos 87 anos, em 2010, na sua casa em Lanzarote, Espanha. Destacou-se como romancista, teatrólogo, poeta e contista. Escreveu mais de 40 livros e foi o único português a receber Prémio Nobel de Literatura.

Sugestão de leitura: As Intermitências da Morte e Ensaio Sobre a Cegueira.

15. Lídia Jorge

Lídia Jorge nasceu em 1946, no Algarve e viveu em África, durante os anos mais conturbados da Guerra Colonial. Foi professora do ensino secundário e membro da Alta Autoridade para a Comunicação Social. Tema mais de vinte livros publicados e escreve artigos na imprensa, regularmente. A preocupação principal da sua obra é a mulher e da sua solidão.

Sugestões de leitura: O Dia dos Prodígios e O Vento Assobiando nas Gruas.

Conhecias algum destes escritores? Qual o teu escritor português preferido?

Marisa Vitoriano

Queria viver num episódio dos Friends, gosto de palavras e de ver o sol a deitar-se no mar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *