Bacalhôa Buddha Eden: O maior jardim oriental da Europa

Porque nem sempre só os monumentos históricos são a atração turística dos países, rumámos ao centro do país para te dar a conhecer um dos mais emblemáticos jardins da europa.

O Bacalhôa Buddha Eden, também conhecido como “jardim da paz” por ser este o sentimento que transmite a quem o visita, está localizado no Bombarral, a cerca de 70km de Lisboa.

Como nasceu?
Criado pelo principal acionista da Bacalhôa Vinhos de Portugal, Joe Berardo, e localizado na Quinta dos Lóridos, lado a lado com as suas vinhas, este jardim nasceu em 2001, como forma de protesto pela destruição dos Budas de Bumyan, no Afeganistão, em 2000.

O que podemos encontrar?
Ao percorrer este jardim, facilmente percebemos que é um espaço cuidado e com constante manutenção. Ao longo dos seus mais de 30 hectares fazemos uma verdadeira viagem asiática, pois temos uma panóplia variadíssima de budas alusivos às diferentes religiões.

Um dos maiores ícones deste jardim é a sua escadaria central, onde encontramos os seus budas dourados, gigantes e em diferentes posições, que parecem quase interagir com os seus visitantes.

Existem também muitas obras de diferentes artistas, como por exemplo, Joana Vasconcelos.

Continuando a viagem, temos ainda um grande lago artificial, com variadas espécies de peixes, tartarugas, patos e muitas plantas exóticas.
Podemos ainda obersvar os 700 soldados de terracota, pintados à mão e dispostos em formatura.

Para terminar a visita, podemos usufruir de um lanchinho no seu café e comprar um bom vinho na loja que encontramos à saída.

Como comprar bilhetes?
De modo a evitar filas, os bilhetes podem ser comprados online em vários sites (por exemplo, Traventia) e têm um custo de cerca de 5€ por pessoa. Mas podem ser adquiridos também no dia na bilheteira à entrada.
Encontrámos ainda packs promocionais de bilhetes de entrada mais estadia no seu hotel em siversos site, assim poderás usufruir de uns dias em pleno.

Aqui, podemos dizer que estamos no oriente sem sair do ocidente, dando verdadeiro sentido à expressão tantas vezes usada, “vá para fora cá dentro”.


Alexandra Maia

Alexandra Maia, 31 anos, estudou psicologia mas a sua grande paixão é a fotografia. Em 2019 fez um curso de fotografia para aprofundar os seus conhecimentos e faz desta paixão o seu grande hobbie, viajando de máquina ao ombro e capturando todos os momentos. Partilha todas estas experiências no seu bloque pessoal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *