O dia em que perdemos a cabeça

O primeiro livro de Javier Castillo: um thriller emocionante, envolvente e de cortar a respiração.

Na manhã da véspera de Natal, em Boston, um homem caminha nu, com a cabeça decapitada de uma jovem na mão. O decapitador, como ficou rapidamente conhecido, é levado para o centro psiquiátrico da cidade, envolvendo o Dr. Jenkins, diretor do mesmo, e Stella Hyden, agente do FBI, numa investigação que os vai colocar em risco e mudar o rumo das suas vidas.

Entre Boston e Salt Lake, entre passado e presente Javier Castillo, leva-nos por uma viagem pelas complexidades da mente humana, do sonho e da memória, num thriller romântico repleto de amor, ódio, intrigas e culto excêntricos.

O Dia em que Perdemos a Cabeça cumpre o que promete no título, fazendo os leitores perderem a cabeça com todas as tragédias, surpresas e reviravoltas com que se deparam ao longo da história. É um daqueles livros envolventes e de leitura rápida e fluída, que fazem querer ler sem parar até se ter desvendado todos os mistérios da trama.

Já leste este livro?

Imagens: Liliana Carvalho, A Gata de Saltos Altos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *