Adeus, Telescola

Quando toda esta pandemia terminar, muitas coisas serão esquecidas no tempo. Mas há uma que deixará memórias para sempre, chama-se Telescola…

Está quase a chegar ao fim. Que jornada incrível! Que jornada arrebatadora! Que jornada especial!

Se há algo que marcou muitas famílias durante os tempos de pandemia foram as aulas da telescola. De um momento para o outro, crianças e jovens de todo o país viram-se obrigados a redefinir todo o seu conceito de escola. O confinamento deu lugar a aulas à distância, que vieram colocar à prova todas as dinâmicas familiares. Das mais estruturadas às mais relaxadas, todas as famílias passaram por momentos que as tornaram ainda mais iguais.

Os pais passaram a ter um papel adicional, o de serem professores dos seus próprios filhos, mesmo sem o serem. Os filhos passaram a ser obrigados a manter a motivação e a dedicação para assistir às aulas, mesmo sem os seus companheiros de secretária, que ajudavam a dar ânimo e entusiasmo aos seus dias como alunos de escola.

A experiência de viver a telescola foi uma das experiências mais desafiadoras deste tempo de pandemia. Muitos foram os desabafos partilhados nas redes sociais sobre esta aventura. O cansaço, a enorme quantidade de tarefas, a exigência de cumprir prazos, a dificuldade de acesso às tarefas propostas pela escola, a dificuldade em conciliar o trabalho dos pais com as tarefas de cada um dos filhos foi realmente desafiante. Algumas famílias optaram por desistir deste registo. Outras adaptaram todas as propostas à sua realidade. Outras tentaram reorganizar-se o melhor que foi possível para acompanhar cada semana.

Foi uma fase bem exigente para todos os envolvidos: pais, professores e claro, alunos.

Felizmente, a telescola está na reta final e já começamos a respirar de alívio.

Se de alguma forma estiveste nesta jornada, hoje queremos dar-te os parabéns por teres chegado até aqui. Se és mãe (pai, ou cuidador) e estiveste envolvida direta ou indiretamente neste processo, se fizeste tudo o que estava ao teu alcance para continuar a proporcionar esta oportunidade diferente de acesso à educação dos teus, então estás de Parabéns!

Se (também) és professor ou professora e não baixaste os braços, se enfrentaste de frente esta batalha, se te redobraste em preparação de materiais e aulas à distância e mesmo assim, fizeste de tudo para dar suporte aos teus, estás de Parabéns!

De Parabéns também estão todas as nossas crianças e jovens, que mesmo nos dias de desespero, de cansaço e falta de motivação, continuaram a batalhar para chegar até ao fim.

Esta foi uma fase bem marcante na vida de tantas e tantas famílias e, por isso, a Blogazine tinha que deixar-te uma mensagem diferente! Por teres lutado, por teres tentado, por teres reajustado tudo o que estava ao teu alcance. Por aceitares um desafio extra, para além de todos os outros que a maternidade, por si só, já te traz.

Ufa! Está quase! Daqui a uns dias, vamos todos dizer Adeus à Tele-escola!

Luísa Felgueiras

Mãe de dois, o Gabriel e a Estrela. Terapeuta Ocupacional de profissão, com exercício e formação nas áreas da pediatria e saúde mental. Blogger nos tempos livres, autora do Blog da mamã Lu. A escrita faz parte da sua vida desde que lhe deram um diário e um lápis para a mão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *