5 Livros para ler num dia

A Blogazine traz-te 5 sugestões de leitura para ler num dia, ou menos.

Apetece-te uma leitura rápida e voraz, daquelas que se fazem num só dia? Ou uma boa companhia para uma tarde de praia? Então este artigo é ideal para ti. Trazemos-te 5 sugestões de livros para serem lidos num dia (ou menos).

1. Os Livros que Devoraram o Meu Pai, Afonso Cruz

Vivaldo Bonfim é um escriturário entediado que leva romances e novelas para a repartição de finanças onde trabalha. Um dia, enquanto finge trabalhar, perde-se na leitura e desaparece deste mundo. Esta é a sua verdadeira história, contada na primeira pessoa pelo filho, Elias Bonfim, que irá à procura do seu pai, percorrendo clássicos da literatura cheios de assassinos, paixões devastadoras, feras e outros perigos feitos de letras.

2. Todos Devemos Ser Feministas, Chimamanda Ngozi Adichie

Neste ensaio pessoal – adaptado de uma conferência TED – Chimamanda Ngozi Adichie apresenta uma definição única do feminismo no século XXI. A escritora parte da sua experiência pessoal para defender a inclusão e a consciência nesta admirável exploração sobre o que significa ser mulher nos dias de hoje. Um desafio lançado a mulheres e homens, porque todos devemos ser feministas.

3. Crónica de uma Morte Anunciada, Gabriel García Márquez

O jovem Santiago Nasar foi condenado à morte pelos irmãos da sua hipotética amante, Vítima da denúncia falaciosa de uma mulher repudiada na noite de núpcias, como forma de vingar publicamente a sua honra ultrajada e sob o olhar cúmplice ou impotente da população expectante de uma aldeia colombiana. Esta é a história verídica que serve de base a este romance, e que, logo nas suas primeiras linhas, é enunciada.

4. As Intermitências da Morte, José Saramago

O romance de José Saramago, começa com a frase «No dia seguinte ninguém morreu.» É a partir desta hipótese que o autor a desenvolve em todas as suas consequências, e o leitor é conduzido numa ampla divagação sobre a vida, a morte, o amor, e o sentido, ou a falta dele, da nossa existência.

5. A Metamorfose, Franz Kafka

A Metamorfose é uma das obras mais emblemáticas de Franz Kafka. Começa com a personagem principal, Gregor Samsa, metamorfoseado num inseto monstruoso, uma manhã, ao acordar. Nesta narrativa, o autor recorre à terrível metamorfose física e ao desespero da personagem para abordar os temas como o comportamento humano, a impotência perante o absurdo e a frustração provocada por uma sociedade opressora e burocrática.

Já leste algum destes livros?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *