Às telecomunicações junta-se a energia

A Altice anunciou que irá entrar no mercado energético com uma oferta exclusiva para os seus clientes proporcionando assim, além do atual serviço de telecomunicações, o serviço de eletricidade. Será este o novo rumo das operadoras?

Numa altura em que as empresas procuram cada vez mais diversificarem os serviços que prestam as seus clientes, a Altice anuncia que irá entrar num novo mercado. Através da PT Live, uma empresa parceira da Altice mas que não faz parte do grupo, será lançada a marca MEO Energia.

Em testes desde 2019, a Altice considera que esta é a altura de disponibilizar este serviço, em exclusivo aos seus clientes MEO.

Esta é uma estratégia arrojada do grupo Altice e pioneira, uma vez que a nível europeu não existe ainda nenhuma solução que permita aos clientes juntar num único fornecedor o serviço de telecomunicações e energia. Com isto, a Altice pretende beneficiar os seus clientes com tarifários vantajosos na eletricidade e com benefícios nas comunicações. A promoção deste novo serviço foca-se na energia de fontes 100% renováveis e o dobro dos dados móveis.

Como referimos anteriormente, esta oferta é exclusiva para atuais e novos cliente MEO com pacotes incluindo telemóvel e está apenas disponível no continente devendo chegar às ilhas no futuro.

Numa altura em que o país atravessa uma crise económica devido ao Covid-19, a Altice reforça que pretende continuar a investir. O objetivo passa por colocar a MEO Energia no Top 3 dos comercializadores de eletricidade no mercado nacional ainda fortemente dominado pela EDP.

Este novo mercado abre as portas às grandes empresas no sentido destas incorporarem novas áreas de negócio, dinamizando o mercado e estimulando a concorrência. Quem beneficia é o utilizador que vê assim valorizada cada vez mais a sua fidelização a determinada empresa e o mercado está hoje em dia mais aberto a ter um único fornecedor de serviços. A adaptação foi mais difícil há uns anos atrás quando este tipo de oferta ainda era algo novo. Houve alguma resistência inicialmente quando as operadoras começaram a juntar os serviços de televisão, internet, telefone fixo e telemóvel mas depressa os utilizadores perceberam o quão mais simples era pagarem apenas uma fatura por diversos serviços do que três ou quatro e a verdade é que juntar a eletricidade é apenas mais uma solução, beneficiando de vantagens e menos uma fatura a chegar todos os meses.

E para ti, faz sentido? Diz-nos o que achas e se tens interesse em experimentar este serviço.

César Neves

Mais um igual aos outros. Tanto tem de bom moço como de mau feitio (se não acreditam, perguntem à esposa). Deixou crescer a barba para parecer mais velho mas apenas o confundem com o Rui Unas. Workaholic por excelência, dorme pouco e mal e adora comer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *